domingo, 13 de setembro de 2009

crash 54



(pintura de victor rodriguez, "crumpled model", 2008)


Cheguei para aconchegar os lábios
num troco doloroso e esvaziado

As vértebras coladas dão o sinal da urbe
Na flor da noite o coração e a cabeça
Saltam para as pernas lentas, por um
Deus menino, o próximo negro e branco

Já o vejo correr no limbo da estrada
Tem asas e não perde o oceano, luz

Vem connosco amor como o sol e a cera
Atravessa diurnas de Junho e as festas do
Meio da rua, do meio da lua, ao centro da
Ladeira e da fogueira, cheguei para aconchegar
A mão no cabelo e na face e chorar por cerejas
Mais nada, apenas o afecto dos dedos na tardinha

José Gil

1 comentário:

Dri Viaro disse...

Estou passando pra contar que fomos Top2 na categoria humor do Top Blog, obrigada a todos que votaram, em 2010 tem mais.
As fotos do evento estão no blog
bjssss e boa semana